05/02/18 | 10:34 AM
Feira Urbana de Alternativas (Fuá) estreia com sucesso no Parque do Mindu

Aproximadamente 2 mil pessoas estiveram neste domingo, 4/02, no Parque Municipal do Mindu, para prestigiar a primeira edição da Feira Urbana de Alternativas (Fuá) realizada na unidade de conservação municipal. Mais de 50 expositores participaram da mostra, que levou também atrações musicais, esportivas e educativas para os diversos espaços do parque, que é gerido pela Prefeitura de Manaus, por meio da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas).

A partir deste ano, o Parque do Mindu passa a sediar a Fuá.  O evento terá uma edição mensal, sempre no primeiro domingo de cada mês, com exposições de artesanato, gastronomia e atividades culturais diversas, visando sempre o fomento à economia criativa e a educação socioambiental. Nesta primeira edição, aberta pela cantora tikuna Dijuena, teve também apresentação de grupo de maracatu Eco da Sapopemaa e Roda de Capoeira.
Para o secretário municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Antônio Nelson de Oliveira Júnior, a Feira Urbana de Alternativas fortalece ainda mais o trabalho desenvolvido na unidade de conservação. “Estamos seguindo a orientação do prefeito Arthur Virgílio Neto de motivar a população para que o Parque do Mindu tenha um público cada vez maior e integrado às atividades desenvolvidas no local, agregando cultura e sustentabilidade”, afirmou o secretário Antônio Nelson.

Serão, ao todo, dez edições da Fuá até dezembro, com palestras, musicais, workshops, atividades físicas, exposição de objetos de arte e utensílios domésticos feitos a partir da reciclagem e do reaproveitamento de resíduos. “O foco das atividades desenvolvidas no parque é a sustentabilidade e houve uma sintonia com os propósitos da Fuá, numa parceria que tem tudo pra dar certo”, afirmou o secretário Antônio Nelson, lembrando que o Parque do Mindu é o segundo maior do País em extensão em área do País,  aberto diariamente para a população.

De acordo com uma das coordenadoras da feira, Laelia Nogueira, a Fuá está se transferindo para o Parque Municipal do Mindu com a intenção de expandir ainda mais o evento. “Realizamos 17 edições em dois anos de projeto junto à FAS (Fundação Amazonas Sustentável) e agora a intenção é a de agregar um número ainda maior de parceiros e iniciativas de cunho cultural e ambiental, razão pela qual escolhemos o Parque do Mindu por ser um espaço natural protegido que tem tudo a ver com a nossa proposta”, afirmou Laelia, lembrando que a Fuá nasceu como a proposta de se tornar uma ferramenta de transformação social e de melhoria da qualidade de vida das pessoas.

Além dos expositores, a Fuá contou com oficina de jardim vertical, roda de conversa sobre diversidade, apresentação de capoeira e o show com a cantora tikuna Djuena. A atividade se estendeu até as 17h.

Texto: Júlio Pedrosa/Semmas
Fotos: Márcio James/Semcom

Disponíveis em: https://flic.kr/s/aHsksAeAUc