23/10/18 | 11:34 AM
Formação capacita turma de agentes ambientais voluntários no Conjunto Hileia

Prefeitura de Manaus realizou na noite deste sábado, 20/10, a formação de uma nova turma de agentes ambientais voluntários, integrada por moradores do Conjunto Hileia 2. Eles se juntarão aos mais de 300 inscritos no Programa de Agentes Ambientais Voluntários, desenvolvido pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), desde junho do ano passado.

A formação da turma foi realizada por técnicos da Semmas, no próprio conjunto, situado no bairro Redenção, na zona Oeste. Na localidade, 21 novos agentes ambientais voluntários atuarão de forma específica, e por escolha própria, na proteção da área verde do conjunto.

Os agentes assinaram um termo de adesão para a prestação do serviço voluntário, onde constam as atribuições do plano de trabalho individual, tais como auxiliar nas campanhas e projetos de Educação Ambiental da secretaria, seja nas comunidades ou nas unidades de conservação municipais, geridas pelo órgão. No termo, os agentes informam nome, RG, escolaridade, endereço e contato.

“Hoje, a Semmas possui um cadastro com aproximadamente 300 inscritos, o que para a gestão ambiental do município é uma conquista importante tendo em vista estarmos alcançando a finalidade do programa, criado em 2017, atendendo orientação do prefeito Arthur Virgílio Neto”, afirmou o secretário municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Antonio Nelson de Oliveira Júnior.

Além da formação, o agente ambiental voluntário recebe camisa e crachá do programa e assina declarações de idoneidade e de saúde. O diretor de Áreas Protegidas da Semmas, Márcio Bentes, explica que a assinatura do termo é importante por selar o compromisso do agente em contribuir voluntariamente com a gestão ambiental da cidade, seja por meio de cuidados em áreas de interesse ambiental ou unidade de conservação municipal, sem vínculo.

A capacitação contou com a participação de técnicos das diretorias de Administração e Finanças, Áreas Protegidas e da Divisão de Educação Ambiental da Semmas. “A ideia é capacitarmos o máximo de pessoas dentro da cidade, principalmente em localidades onde há um trabalho desenvolvido por grupos organizados, como é o caso dos moradores do Hileia”, comenta Márcio Bentes.

“No Hileia, os moradores estão mobilizados para atuar na defesa da área verde do conjunto e contam com a parceria da Semmas, que já realizou diversas ações de sensibilização no local, com palestras, plantio e distribuição de mudas, fixação de placas de sinalização e agora a formação dos agentes ambientais voluntários”, ressalta o chefe da Divisão de Educação Ambiental da Semmas, Raimundo Araújo.

O programa pretende realizar ainda este ano um encontro de capacitação com todos os agentes ambientais voluntários inscritos. “Vamos continuar oficializando grupos organizados como voluntários contribuindo para disseminar noções básicas de gestão ambiental e conhecimentos específicos”, adianta Márcio Bentes, acrescentando que os interessados podem entrar em contato com o Departamento de Áreas Protegidas da Semmas, pelo 3236-7420.

Moradora do Conjunto Hileia, Eulalia Vieira conta que o curso foi uma ótima oportunidade de renovar conhecimentos. “Já temos um inicio de trabalho feito pela comunidade em parceria com a Semmas na área verde do conjunto, e com esses esclarecimentos que recebemos ficamos ainda mais cientes dos nossos deveres e obrigações nos cuidados ao meio ambiente”, afirmou.

Outra moradora, a enfermeira Miriam Giovana, também participou da formação e gostou do conteúdo repassado. “A importância de uma capacitação como essa é o conhecimento que se ganha acerca da importância da área verde para o conjunto, além de sabermos mais sobre o meio ambiente e como trabalhar essas informações junto à comunidade”, disse Miriam.

Texto: Júlio Pedrosa / Semmas

Fotos (em anexo): Divulgação / Semmas