08/06/18 | 9:52 AM
Formação de agentes ambientais voluntários encerra Semana do Meio Ambiente 2018

Uma atividade de formação dos inscritos no Programa Agentes Ambientais Voluntários, da Prefeitura de Manaus, marcou nesta quinta-feira, 7/6, o encerramento das atividades da Semana do Meio Ambiente 2018. A capacitação teve como foco a apresentação das áreas protegidas do município, as demandas de envolvimento comunitário por meio de ações educativas e a criação da Área de Proteção Ambiental (APA) Sauim-de-Manaus, oficializada na última terça-feira, 5, Dia Mundial do Meio Ambiente, pelo prefeito Arthur Virgílio Neto.

A nova turma teve um total de 35 participantes. O programa Agentes Ambientais Voluntários foi instituído há um ano pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) como forma de integrar o voluntariado às ações de educação ambiental e nas unidades de conservação municipais. As turmas serão formadas, em sua maioria, por acadêmicos de cursos como biologia, engenharia ambiental, química, agronomia, engenharia florestal, entre outros, oriundos de instituições de ensino parceiras da Semmas. Entretanto, qualquer pessoa, maior de 18 anos, pode participar.

A formação desta quinta-feira contou com a presença do procurador da República (MPF-AM) Leonardo Galiano, o secretário municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Antônio Nelson de Oliveira Júnior, a subsecretária Aldenira Queiroz e o diretor de Áreas Protegidas, Márcio Bentes. Além dos agentes ambientais voluntários, o evento contou com a participação de representantes do Grupo de Escoteiros Ágape, da empresa Tumpex e estudantes e professores da Faculdade Estácio do Amazonas.

O procurador Leonardo Galiano ressaltou a importância das atividades desenvolvidas ao longo da Semana do Meio Ambiente, pela Prefeitura de Manaus, com destaque para a constituição de mais uma turma de agentes ambientais voluntários que terá efetiva participação na proteção à APA Sauim-de-Manaus e demais áreas protegidas municipais. “Os agentes voluntários têm importância fundamental na interação da sociedade com o poder público e como replicadores de fiscalização e controle de práticas degradatórias do meio ambiente”, afirmou Galiano.

O secretário municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Antonio Nelson de Oliveira Junior, destacou que o trabalho de formação de agentes ambientais voluntários representa um avanço na gestão ambiental municipal e terá continuidade, com novas turmas a serem capacitadas. “Estamos absorvendo a demanda e agradecemos o retorno que a comunidade tem dado na participação dos processos”, afirmou Antonio Nelson.

Angeline Ugarte, gestora das áreas de proteção ambiental, da Semmas, ressaltou que é salutar o envolvimento do cidadão comum na temática ambiental do município de Manaus. Ela destacou a importância do licenciamento ambiental como um instrumento da gestão e que disciplina a ocupação do território.

A atividade de implantação do Cinturão Florestal, na área de borda do Parque Municipal do Mindu – outra atividade prevista para o encerramento da Semana do Meio Ambiente 2018 – foi adiada em virtude da chuva. O plantio de 97 mudas de espécies florestais amazônicas deverá ocorrer na próxima semana.

Fotos: Altemar Alcântara / Semcom

 Disponíveis emhttps://flic.kr/s/aHsmhb79DW

Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas) 3236-6684/98842-1243