12/03/18 | 9:49 AM
Gestão ambiental da Prefeitura de Manaus é destaque em revista alemã

O trabalho de gestão ambiental desenvolvido pela Prefeitura de Manaus foi um dos destaques da mais recente edição da revista Matices, editada pela Associação Group Matices, com sede na cidade de Colonia, na Alemanha. A publicação tem circulação em toda a Europa, e pode ser encontrada também em livrarias especializadas de importantes cidades alemãs. A edição traz um artigo assinado pelo secretário municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade, Antonio Nelson de Oliveira Júnior, e faz um relato dos avanços obtidos na área ambiental, pela gestão do prefeito Arthur Virgílio Neto nos últimos cinco anos e os desafios enfrentados pela cidade na intenção de melhorar a qualidade ambiental da sua população e contribuir para reduzir os efeitos das mudanças climáticas.

“Para nós é motivo de orgulho o reconhecimento internacional de nosso trabalho com a certeza de que o prefeito Arthur Virgílio Neto se mantém firme no protagonismo das iniciativas ambientais em favor da cidade, tornando-se referência nacional e internacional”, afirma o secretário Antonio Nelson, referindo-se à importância da publicação.

Com o título “Na Capital da Amazônia, estamos fazendo nossa parte”, o artigo destaca a importância dos conceitos de resiliência e sustentabilidade, que devem estar presentes hoje no desenvolvimento das ações tanto da parte dos governos quanto das pessoas. De modo efetivo, a gestão do prefeito Arthur Virgílio Neto vem dando atenção ao meio ambiente com iniciativas como a introdução do LED na iluminação pública (com baixo consumo de energia), a arborização urbana para tirar a cidade do baixo índice apontado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) e reduzir as ilhas de calor existentes na cidade.

A requalificação de áreas verdes é também destacada com a implantação dos parques da juventude em áreas verdes de conjuntos habitacionais aprovados pelo município. Antes, essas áreas não tinham a participação da população e, agregando instrumentos de uso público, como pistas de caminhada, iluminação de LED e academias ao ar livre, levaram as pessoas a frequentar e proteger esses locais. É o caso, por exemplo, dos Parques da Juventude nas áreas verdes dos conjuntos Campo Dourado, Águas Claras e Castelo Branco 2. A revista traz ainda artigos assinados de colaboradores sobre mudanças climáticas, o combate ao trabalho infantil e energia renovável, em países da América Latina, Portugal e Espanha.

Texto: Júlio Pedrosa / Semmas

Fotos: Divulgação / Semmas

Em Anexo

Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas)

3236-6684/98842-1243