08/04/11 | 3:03 PM
Parque do Mindu recebe preguiças encontradas em situação de risco no Parque Dez

Duas preguiças adultas da espécie Bentinho (Bradypus tridactylus) foram soltas no final da tarde da última quarta-feira (6), no Parque Municipal de Mindu, depois de terem sido resgatadas pela equipe do Refúgio Sauim Castanheiras, unidade de conservação da Prefeitura de Manaus, administrada pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Sustentabilidade (Semmas), que funciona como uma reserva protecionista onde são feitos o resgate, o tratamento (se necessário) e a devolução à natureza de animais silvestres em situação de risco. Os dois animais foram encontrados em pontos diferentes do bairro Parque Dez. Um no quintal de uma residência no Conjunto Jardim Iolanda e o outro quando tentava atravessar a Avenida das Torres, ambos em trechos próximos ao corredor do Igarapé do Mindu, que corta o bairro.

Segundo o veterinário Laérzio Chiezorin, gestor do Reserva Sauim Castanheiras, os animais devem ser provenientes de pequenos fragmentos florestais de mata ciliar que ainda existem na área e geralmente se deslocam em busca de alimento. As preguiças foram soltas no interior do Parque do Mindu, que também é uma unidade de conservação municipal, onde se manterão em vida livre. Lá, segundo o veterinário, elas encontrarão outros animais da mesma espécie e terão à disposição uma gama de tipos de vegetais que servem de alimento. As preguiças se alimentam basicamente de folhas e frutas.

O Refúgio Sauim Castanheiras foi acionado para fazer o resgate por meio do telefone da reserva 3618-9345. Foram os próprios moradores da residência onde o animal apareceu, no Jardim Iolanda, que avisaram. A Semmas informa que as pessoas que encontrarem animais silvestres em situação de risco podem ligar também para o Disque Linha Verde do órgão (08000-92-2000), que repassa as informações para o Refúgio Sauim Castanheiras.  Segundo Laérzio, quando estava a caminho do Jardim Iolanda, a equipe coincidentemente encontrou o segundo animal tentando atravessar a Avenida das Torres. Neste ano, o Refúgio Sauim Castanheiras já realizou 329 resgates e 221 devoluções à natureza de animais das mais diversas espécies silvestres, entre primatas, quelônios e répteis.